O ato de filiação de Alécio Chaves, que era liderado pelo deputado estadual e líder do governo Rosemberg Pinto, ao PSB, realizado na Câmara de Vereadores de Itapetinga na noite desta quinta-feira (04), só contou com a presença de contratados e comissionados da prefeitura de Itapetinga. O convite, que foi uma espécie de intimação do prefeito Rodrigo Hagge, não logrou êxito e deixou o professor Alécio constrangido. Alécio Chaves é um típico pseudo-político conhecido no município de Itapetinga por não ter um grupo de apoiadores consolidado. Chaves Chegou ao grupo do prefeito Rodrigo Hagge de mala vazia.