_

A Câmara de Vereadores de Itapetinga aprovou na noite desta quarta-feira (19), as contas do prefeito Rodrigo Hagge (MDB/BA), do exercício de 2018, que haviam sido rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM/BA).

Na oportunidade, com 12 votos favoráveis, os vereadores da base governistas aprovaram o parecer do relator  Vereador Tuca da Civil (Republicanos), defensor da aprovação das contas do atual mandatário da terra da pecuária.

Segundo parecer do relator que também foi apresentado para os parlamentares, apontava algumas inconsistências no relatório emitido pelo TCM/BA.

Apesar da votação ter sido secreta, por eliminação foi possível saber como se posicionou cada parlamentar. Os vereadores de oposição Tiquinho Nogueira (PDT/BA) e Valdeir Chagas (PDT/BA), se retiraram da sessão sob alegação de judicializar o processo de julgamento das contas do gestor de Itapetinga.

Votaram pela aprovação e contra o parecer do TCM/BA: Manu Brandão (MDB/BA), Eliomar Barreira, o Tarugão (MDB/BA), Luciano Almeida (MDB/BA), João de Deus (MDB/BA), Adelino Fonseca, o Peto (MDB/BA), Tuca da Civil (Republicanos), Helder de Bandeira (PSC/BA), Genison Feitosa, o Gêge (PSB/BA), Neto Ferraz (PSC/BA), Pastor Evandro (PSD/BA), Anderson da Nova (União Brasil) e o presidente da Câmara Valquirio Lima (PSD/BA), o Valquirão.